MAPPA
MAPPA

Share this post

O uso de drones para a criação de mapas possibilita uma série de análises, seja visualmente ou no pós-processamento. Hoje, mostraremos como você mesmo pode identificar falhas de plantio em uma inspeção visual básica, através dos produtos brutos de um processamento agrícola feito na Mappa e suas ferramentas.

Depois de feito um processamento de imagens de drone com uma câmera RGB, configurado no template agrícola, você receberá os seguintes resultados: Ortomosaico, Modelo Digital de Terreno, Modelo Digital de Superfície, Curvas de nível, nuvem de pontos, modelo 3D e os índices VARI e IFV.

Vai ser a partir de alguns desses produtos que você vai identificar as falhas de plantio.

Como identificar falhas de plantio na Mappa?

Com os resultados em mãos, abra o seu processamento na plataforma e selecione o Ortomosaico – ele será o primeiro mapa a ser avaliado em busca de falhas de plantio na lavoura. Aplicando um pouco de zoom, é possível visualizar os pontos críticos.

O segundo passo é comparar o ortomosaico com o índice Foliar Verde (IFV), utilizando a ferramenta histograma para realçar solo plantado x solo exposto. Atente para a sua interpretação: certas culturas exigem um espaçamento entre plantas, que podem ser mal interpretados como falhas.

Feita a inspeção visual, utilize as ferramentas “polígono” e “pegar coordenada” para sinalizar áreas de falha de plantio. Utilizando o polígono, você já terá a medida da área falhada e a coordenada exata do local para verificação em campo.

Veja o exemplo em vídeo:

Com as informações e a localização das falhas em mãos, é hora do técnico responsável pela área entrar em ação – cabe a ele decidir qual o manejo necessário para a questão das falhas de plantio.

Caso você queira otimizar este processo, a Mappa possui algoritmos exclusivos para análises agronômicas avançadas – basta selecionar o talhão e solicitar Análise de Cobertura.

CRIE SUA CONTA AGORA MESMO!

MAPPA É GRATUITO

Este conteúdo foi útil?

Leia também