Monitoramento de rodovias: do pré ao pós obra

O Brasil possui uma das maiores redes de rodovias do mundo. Também está entre os dez principais mercados do setor automobilístico – isso exige muito monitoramento de rodovias, do pré ao pós obra.

Anualmente, bilhões de reais são utilizados no planejamento, execução e monitoramento de rodovias. Por isso é um dos setores que mais gera empregos.

monitoramento_rodovias_drone

Mas como os mapas de drones podem auxiliar no monitoramento de rodovias?

  • Maior controle sobre processos;
  • Economia de recursos;
  • Precisão de dados.

Somando esses três pontos, qual o resultado? Otimização!

Utilizar drones na construção civil traz diversos benefícios. Afinal, eles garantem a redução do desperdício de tempo e dinheiro. Além disso, também reduzem riscos e trazem informação de qualidade para os profissionais do setor.

É sobre isto que vamos falar neste post!

Monitoramento de rodovias com drones: um novo ponto de vista. #

Quanto tempo você normalmente demoraria para fazer um levantamento topográfico de um trecho de 50 km?

Com um drone profissional é possível mapear, com segurança, em média 12 km em linha reta por voo. Um VANT de asa fixa, por exemplo, leva cerca de uma hora e meia para percorrer este trecho.

Portanto com folga entre os voos, em dois dias a distância de 50 km estaria totalmente mapeada.

Com certeza você já consegue perceber os benefícios, não é mesmo?

Como funciona o monitoramento com drones? #

O monitoramento com drones pode ser utilizado em diversas etapas de um projeto rodoviário. Independente da escala da obra ou da rodovia, ele garante bons resultados do planejamento à manutenção.

Pré-obra: #

A primeira etapa de atuação do drone ocorre no levantamento topográfico da área. Aqui entram os primeiros resultados: oortomosaico, Modelo Digital de Terreno, Modelo Digital de Superfície e as Curvas de Nível.

Após a criação do ortomosaico fica muito mais fácil realizar medições, delimitar áreas de preservação ambiental e sinalizar pontos críticos do relevo. Afinal, ele nada mais é do que uma imagem em alta resolução totalmente georreferenciada.

monitoramento-rodovias-drone-mappa

Além disso, você também pode usar seus ortomosaicos em Sistemas de Informação Geográfica, como o ArcGIS e o Autocad, por exemplo.

Já na etapa pré-obra, o MDT e o MDS estarão disponíveis, assim como o mapa de curvas de nível.

Todos esses resultados são um prato cheio para o planejamento de obra. Pois a partir do processamento é possível analisar o relevo e projetar questões ligadas à mobilidade urbana.

Execução da obra #

Com o planejamento em mãos, é hora de entrar em ação! Durante toda a execução da obra, é possível utilizar o drone para realizar inspeções periódicas. Assim, acompanhar a evolução da construção das rodovias fica muito mais fácil.

Além do mais, mapear e inspecionar áreas de risco ou de difícil acesso sem expor o operador é uma vantagem que deve ser levada em consideração.

Monitoramento #

Após a conclusão das obras, o monitoramento de rodovias com drones permite a antecipação de alguns problemas. Desse modo, é muito mais fácil e rápido identificar a necessidade de manutenção de entornos, pontos que precisam de reformas e possíveis falhas de planejamento urbano.

mapas-para-monitorar-rodovias

Portanto, utilizar drones no monitoramento pode diversas vantagens:

  • Otimizar o tempo de trabalho;
  • Economizar recursos;
  • Evitar riscos desnecessários;
  • Possuir dados precisos e com alta qualidade de visualização.

E mais, com a Mappa é possível fazer processamentos de imagem em nuvem. Basta ter conexão à internet e o seu computador à mão, simples assim.

Agora que você já sabe todos estes benefícios, que tal experimentar a melhor plataforma de processamento de imagens disponível no mercado brasileiro, com suporte totalmente em português?

Solicite seu trial e faça os seus processamentos de imagem de forma gratuita por 7 dias!