Ferramentas avançadas: como usar o histograma

O histograma é uma ferramenta utilizada para a análise de estatísticas, tanto qualitativa como quantitativa, representadas em um gráfico que mostra a frequência de acontecimentos dentro de um espectro pré-determinado e que pode ser classificado.

Os dados evidenciados e classificados dentro de um histograma são chamados de amostras e elas expressam um comportamento.

Para que serve um histograma? #

No contexto do mapeamento com drones, um histograma serve para classificar dados analisados de acordo com valores e representá-los de maneira similar, como variações de altitude, por exemplo.

Aplicando os valores mínimo e máximo de variação da altitude de um terreno, temos, simbolicamente, azul para zonas de menor altitude e vermelho para zonas de maior altitude.

O “caminho” percorrido pelo gráfico do histograma demonstra a variação do valor mínimo ao máximo em uma escala de tonalidade.

Veja o exemplo abaixo, de um Modelo Digital de Terreno gerado na plataforma Mappa para uma plantação de soja:

No menu à esquerda, é possível visualizar o gráfico do histograma e sua variação do azul ao vermelho, sendo a cor azul a menor altitude do terreno mapeado e a cor vermelha a maior altitude. Neste caso, o valor mínimo é de aproximadamente 860m de altitude e o máximo de 912m.

No processamento de imagens de drones na agricultura, limitando a amplitude de dados, isto é, de valores mínimos e máximos do que se deseja analisar, é possível evidenciar fatores de interesse dentro da área analisada.

Um bom exemplo para compreender o uso em áreas agrícolas é a interpretação de um mapa com a aplicação do Índice Foliar Verde.

Na imagem abaixo, temos a mesma área de soja, que é uma cultura bastante homogênea ao olho nu e aos sensores RGB:

Com o histograma configurado de maneira padrão, é difícil evidenciar as falhas de plantio na parte interior do talhão de soja analisado. No entanto, fica fácil visualizar a estrada, representada em vermelho, que cruza o talhão.

Agora, veja como o mapa é representado se alterarmos a configuração do histograma, com o objetivo de evidenciar as falhas de plantio:

Alterando os valores delimitadores da interpretação das cores RGB pela Mappa e potencializando a interpretação do vermelho, fica mais fácil visualizar falhas do talhão.

Veja a mesma aplicação do uso do histograma, agora no índice VARI em uma lavoura de cana-de-açúcar:

Como utilizar o histograma na Mappa? #

O funcionamento do histograma na plataforma se dá pelo valor atribuído à combinação das cores vermelho, verde e azul (Red, Green, Blue – RGB) presentes em um pixel da imagem do mapa.

Sendo assim, ao arrastar a barra abaixo do gráfico do histograma, a Mappa vai atribuir novos valores à interpretação das cores feita pelos algoritmos, alterando a composição das cores do mapa e gerando mais contraste entre elas.

Para facilitar a compreensão do uso do histograma na Mappa, assista o vídeo abaixo:

Ainda não é assinante? Solicite o seu trial gratuito.

 

ANTERIOR:Ferramentas avançadas: comparação entre mapas

PRÓXIMO: Como formatar log de Pontos de Controle