Como interpretar relatórios de qualidade de processamento?

Seus mapas não estão atingindo a qualidade ou os requisitos necessários, e você não sabe identificar o que está acontecendo? Os relatórios de qualidade de processamento vão te ajudar!

E para saber como interpretá-los e deixar aqueles buracos e falhas indesejados de lado, basta conferir este artigo na íntegra ou assistir o vídeo abaixo. 

O que é um relatório de qualidade e qual sua importância? #

O relatório de qualidade é um documento gerado automaticamente para avaliar aspectos chave do seu processamento, Por isso, ele  é a última etapa para garantir que você teve bons resultados.

Através do relatório de qualidade de processamento é possível saber se o GSD está de acordo com as especificações, se a sobreposição de imagens foi feita corretamente ou até mesmo se o georreferenciamento está adequado.

Vamos descobrir como interpretar todas essas informações?

 

Como interpretar um relatório de qualidade de processamento? #

Com o Dashboard da Mappa aberto, clique no ícone de download em um dos processamentos.

Agora selecione a seção de análises e clique no relatório de qualidade.

 

 

Automaticamente a plataforma iniciará o carregamento do arquivo, em seguida abra o documento em PDF.

Pronto! Agora você pode visualizar informações essenciais sobre o seu processamento.

 

Sumário do processamento de imagens #

Na primeira tabela é possível visualizar o nome do projeto e do processamento, as especificações da câmera, e se o GSD está dentro dos requisitos do seu projeto.

Além disso, na última linha temos a área total do mapeamento. Não se esqueça de que ela é sempre maior do que a área de interesse, devido a área de segurança.

 

Quality check #

Agora nós vamos analisar uma das partes mais importantes do relatório de qualidade: o quality check.

Nesta lista você poderá verificar se a sobreposição, imagens, configurações da câmera, e georreferenciamento estão corretos ou não.

No relatório que usamos como exemplo, é possível constatar que nem todas as imagens foram calibradas.  

Isso pode acontecer por vários motivos: uma imagem tirada no chão, a plataforma não identificar a sobreposição dela com as outras fotos ou até mesmo imagens borradas.

Mas se o check na lateral estiver verde, pode ficar tranquilo, pois ele indica que não há nenhum motivo para se preocupar. Você só precisará ficar atento quando o ícone for este símbolo amarelo, ele indicará possíveis erros no processamento:

Com exceção do georreferenciamento, que sempre exibirá este símbolo amarelo em processamentos sem pontos de controle, todos os outros itens devem estar com um check verde.

Pré-visualização do mapa #

Logo abaixo do quality check você terá uma pré-visualização do seu mapa. Aqui é possível identificar se o Mappa tem alguma falha ou “buraco”.

Essas falhas são geradas principalmente por voos muito baixos ou sobreposição insuficiente. Para evitar esses erros, voe de 100 a 120m de altura e configure a sobreposição de imagens em 80%.

Quer conferir mais dicas para garantir o voo perfeito? Confira o nosso artigo sobre como fazer mapeamento com drones em 4 passos!

Log RTK e PPK #

E a próxima informação do relatório é essencial para voos com Log RTK ou PPK.

Aqui o relatório indicará quantas imagens foram georreferenciadas.

Para evitar erros é essencial incluir as coordenadas de todas as imagens no documento. Se você fez upload de 100 imagens, o documento precisa ter 100 coordenadas correspondentes.

Qualidade do plano de Voo #

Estamos quase lá! O gráfico de qualidade de voo é o penúltimo aspecto que vamos analisar no relatório de qualidade de processamento.

Se o voo é planejado em aplicativos como o Pix4DCapture e realizado automaticamente, as linhas serão uniformes e paralelas. Portanto o mapa gerado terá muito mais qualidade.

Já os voos manuais podem acarretar em uma série de problemas, afinal suas linhas são tortas e irregulares.

Lembra das falhas ou buracos que mencionamos anteriormente? Os voos feitos manualmente também podem causar vários deles, além de um mapa em mais de um bloco.

Afinal, a sobreposição das imagens funciona como a “costura” que unifica todas as imagens em um mapa, por isso as linhas de voo precisam ser uniformes e lineares.

 

Sobreposição de imagens #

A sobreposição de imagens deve ser um ponto de atenção em qualquer ortomosaico. Afinal, como mencionamos no último tópico, ela é a responsável por unificar todas as informações e transformá-las em um único mapa.

Por isso, no seu relatório de qualidade de processamento a área de interesse deve estar completamente preenchida pela cor verde, que indica 5 ou mais fotos sobrepostas.

Já nas áreas de segurança do seu polígono de voo, é normal que as imagens tenham uma sobreposição menor e sejam representadas pelo amarelo e laranja.

Quer saber mais sobre a sobreposição de imagens no processamento de voos? Confira este artigo e tire todas as suas dúvidas.

 

 

Por fim, é essencial que você analise o relatório de qualidade de todos os processamentos para assegurar que todos os aspectos do seu ortomosaico estão de acordo com os requisitos. Além de garantir e atestar a qualidade do resultado final.

Ainda não usa a Mappa e ficou curioso para testar? Solicite um trial e crie ortomosaicos, MDT, MDS, curvas de nível online.

processamento-de-oimagens-drone-mappa