fbpx

MAPPA
MAPPA

Share this post

Se você é produtor ou trabalha com coleta de dados para a agricultura, com certeza já se deparou com os Índices de Vegetação: NDVI, NDRE, EVI, GLI…

Estes índices, geralmente reconhecidos por siglas, são extremamente importantes para as análises no campo. Através deles é possível mensurar a produtividade e a saúde da sua plantação.

Alterações nesses índices podem ser identificadas com câmeras multiespectrais, pois elas funcionam como uma espécie de “Raio-X” da lavoura, captando os espectros de luz em diferentes comprimentos de onda que não são visíveis ao olho nu.

Com o uso da multiespectral, também é possível identificar indícios de possíveis doenças, da presença de pragas, falta de nutrientes ou estresse hídrico, por exemplo.

Mas quem é o quê nesse mundo dos índices? Hoje vamos explicar o que são NDVI, NDRE e suas diferenças!

NDVI: é a sigla de Normalized difference Vegetation Index. Em português, Índice de Vegetação por Diferença Normalizada.

O NDVI é um índice que utilizado em vários estudos de Sensoriamento Remoto e é muito associado ao vigor da planta e produção de biomassa. Diversos estudos associam esse índice a outras variáveis agronômicas como produção, produtividade, índice de área foliar etc.

Com essas informações em mãos, fica mais fácil para o produtor ou para o prestador de serviço tomar decisões acerca da aplicação de fertilizantes ou insumos, evitando desperdícios ou excessos, bem como identificar áreas de diferentes potenciais produtivos.

De modo geral, o NDVI é um bom índice para se trabalhar, pois transmite uma visão ampla sobre a saúde da plantação. Antes de ir a campo, é bom atenta para alguns detalhes sobre o índice, presentes neste material. O NDVI possui algumas limitações que podem fazer com que você precise complementá-lo com outro índice como o…

– NDRE: sigla vinda do inglês Normalized Difference Red Edge, o NDRE é um índice utilizado para avaliar o teor de clorofila nas plantas, assim como sua captação de nitrogênio e a demanda de fertilizantes.

Ele utiliza a banda na borda do vermelho, onde se dá a maior absorção da clorofila e também onde a luz penetra mais profundamente nas plantas.

O uso do NDRE permite uma análise mais precisa da transição entre as plantas mais saudáveis para as menos saudáveis, pois ele não satura o mapa tão facilmente quanto o NDVI.

Podemos concluir, então, que plantas de maior porte, com mais densidade no seu dossel, devem ser analisadas com o NDRE. Enquanto plantas de menor porte, menos adensadas, pode-se utilizar o NDVI.

Gostou desse conteúdo? A compreensão dos índices e demais detalhes é muito importante para o trabalho na Agricultura de Precisão, tema que abordamos neste ebook:

Tudo que você precisa saber sobre drones na agricultura em um só lugar!

Informação inteligente gera economia e mais produtividade.

E que tal colocar estes conhecimentos em prática para melhorar seus resultados com as análises da Mappa?

MAPPA É GRATUITO

Este conteúdo foi útil?

Leia também