fbpx

MAPPA
MAPPA

Share this post

Como principais objetivos no monitoramento da safra com drones estão: 

  • Evitar perdas
  • Estimar a produtividade
  • Aumentar a economia em insumos 

Após o voo de mapeamento com o drone, é realizado o processamento das imagens. Como resultado tem-se o mapa ortomosaico, em que informações do terreno e medição de áreas são obtidas. Mas, os dados não acabam por aí. Na Mappa, é possível realizar análises agronômicas, com algoritmos exclusivos, para obtenção de diagnósticos mais precisos. 

  1. MAPA E RELEVO DA LAVOURA 

Como o mapa gerado pelo drone é georreferenciado, é possível obter as medidas de toda a área, fazer a identificação e medição de cada talhão, analisar o relevo da lavoura para correção das curvas de nível a serem integradas no trator e também calcular as cotas de altitude da área.

  1. IDENTIFICAÇÃO DE FALHAS NO PLANTIO 

A identificação de falhas de plantio ou de brotação traduz o índice de aproveitamento do talhão e pode ser um indicador para correções no plantio ou servir como informação principal para tomada de decisão no manejo.

  1. ANÁLISE DA SAÚDE DA VEGETAÇÃO 

Com a aplicação de índices de vegetação, é possível verificar o desenvolvimento do plantio, saúde da vegetação e realizar a classificação da biomassa do cultivar.

  1. ANÁLISE DE COBERTURA 

Esta análise é de extrema importância para a estimativa de produtividade do plantio, porém pouco conhecida pelos produtores. Com o uso de uma câmera RGB embarcada no drone, é possível acompanhar o crescimento das plantas e verificar a qualidade do que foi plantado na totalidade da área. Além disso, é possível compreender o comportamento do solo e prever riscos de erosão.

  1. LOCALIZAÇÃO DE DANINHAS

Daninhas são responsáveis por completamente inutilizar o rendimento de uma safra e seu manejo é o assunto principal de diversos estudos. Através da identificação de daninhas é possível localizar pontos de foco na lavoura e quantificar o grau de infestação para tomada de decisões precisa na aplicação de herbicidas. Dessa maneira reduz-se o custo com insumos, tratando o problema em seus estágios iniciais.

  1. APLICAÇÃO EM TAXA VARIÁVEL 

Com as informações capturadas pelo drone, é possível gerar arquivos shapefiles, que são integrados aos maquinários agrícolas automatizados para a aplicação em taxa variável de nutrientes ou até mesmo aplicação local de herbicidas, resultando em uma economia de até 50% em insumos.

Como ter acesso a esses mapas?

Na Mappa, plataforma on-line de processamento de imagens de drones, basta realizar um cadastro, escolher o plano que atende melhor às suas demandas e iniciar o processamento dos seus mapas.

This is my animated image

Com os mapas processados, o próximo passo é solicitar as análises agronômicas necessárias ao seu projeto. Você pode fazer o download dos resultados ou compartilhar com seu cliente, sem custo adicional.

Aproveite o período de teste gratuito e conheça melhor as funcionalidades da Mappa.

COMECE GRÁTIS

Este conteúdo foi útil?

Leia também